Microsoft Empresas
cOobaOJ

Para alunos e professores, é importante contar a força de uma ferramenta que ajuda a encurtar distâncias e que oferece mobilidade e colaboração. Nós, do blog Educadores Inovadores, já falamos várias vezes aqui como o Office 365 ajuda educadores a atingirem esses objetivos dentro das escolas. E hoje, nós vamos falar como você pode ter o Office 365 ProPlus de graça em sua instituição de ensino.

O Office 365 ProPlus é um plano do Office 365 que está disponível gratuitamente para alunos, professores e funcionários de instituições acadêmicas elegíveis e pode ser acessado através do www.Office.com/GetOffice365. Esse plano permite que os alunos, professores e funcionários instalem o Word, Excel, PowerPoint, Outlook, OneNote, Publisher e Access em até cinco PCs ou Macs e aplicativos Office em outros dispositivos móveis, incluindo tablets Android, iPad® e Windows. O plano também inclui 1TB de armazenamento no OneDrive, gerenciado pela escola, e os alunos podem editar e colaborar usando sites do Office Online, Yammer e SharePoint.

A suíte de produtividade na nuvem da Microsoft permite que documentos do Word, Excel, PowerPoint e OneNote sejam armazenados em bibliotecas no Office 365 e trabalhados em modo de colaboração utilizando o Office Online, que abre documentos em um navegador web.

Para saber se sua instituição de ensino é elegível e ficar por dentro de todas as informações, acesse agora mesmo a página do Office 365 para educação e confira.

education-week13-TW-01

Nós sabemos dos esforços dos educadores para tornar suas aulas cada vez mais dinâmicas e atrativas para que os alunos fiquem cada vez mais atentos aos conteúdos dentro da sala de aula. Hoje, para ajudar você, educador, a tornar a sua vida muito mais simples, trouxemos alguns vídeos de como o Microsoft Office tem ferramentas que irão te ajudar nessa missão:

– Já pensou em copiar todo o texto de uma imagem para uma apresentação? Com o OneNote e seu recurso de copiar e pesquisar textos dentro de imagens, você não vai mais precisar redigir parágrafos e mais parágrafos de uma imagem, mesmo usando uma fotografia de celular, por exemplo.

- Falando em apresentação que tal tornar suas aulas mais atrativas, modernas e chamativas? Neste vídeo, você verá como animar gráficos, SmartArt e figuras no PowerPoint, impressionando seus alunos com apresentações mais dinâmicas e fluídas.

- Professor que é professor trabalha com muito material de ensino, não é mesmo? Imagine ter um pen drive com 1Tb de espaço, que você possa acessar de qualquer lugar, a qualquer momento? Neste vídeo, você vai aprender a como usar o OneDrive para armazenar os seus arquivos na nuvem, sincronizá-los com seu computador, convidar colegas de trabalho e oferecer acesso de visualização e edição para colegas e alunos. 

- O trabalho em colaboração já é uma realidade. Com o Word, você pode saber quem adicionou ou removeu informações de um documento que possuem várias pessoas trabalhando junto, como em trabalhos em grupo. É possível visualizar o que foi alterado, e por quem, dentro de um documento colaborativo. 

E você já conhece o Office Mix? Com ele, você cria aulas interativas e multimídias, para que os alunos possam estudar em casa, por exemplo, utilizando voz e vídeo. Confira os vídeos sobre o Office Mix e leve ainda mais interatividade para dentro da sala de aula.

E não acaba por aí: no portal Mix.Office, você consegue carregar o Office Mix, com a possibilidade de ter acesso a análise de uso: número de alunos que acessaram o conteúdo, qual foi o resultado do quiz respondido pelos alunos, quanto tempo cada aluno demorou para responder, etc.

 

 

Twittter_506 x 285

Um dos primeiros ídolos que as crianças se deparam, logo que começam a sair de casa e ter contato com o mundo, são os professores. E eles têm um papel importante na vida da criança, uma vez que todos os valores humanos são adquiridos na formação do indivíduo durante a infância.

Porém, não é fácil para um educador tornar-se ídolo da garotada. O professor Francisco Tupy, do colégio Porto Seguro, de São Paulo, desenvolveu uma disciplina voltada para alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental que une o fascínio e o tempo gasto pelos jovens com jogos para trabalhar os seguintes pilares: game design, gestão de processos e narrativa. “Proponho desafios aos alunos dentro da sala de aula, buscando criar posturas interdisciplinares, com base nas aptidões pessoais, como desenho, vídeos, escrita etc. Passamos por diversos processos de criação, de analógica a digital, ou mesmo um gerenciamento de produção no Minecraft. A ideia é transcender o próprio jogo”, conta o educador.

“O aluno está envolvido com algo que ele gosta, mas, na verdade, ele está tendo contato com uma série de coisas que estimulam seu desenvolvimento” afirma. Ainda segundo o educador, existe um elemento de negociação muito grande para esses alunos. “Para trabalhar com algo que eles gostam muito e desenvolver isso, os alunos se esforçam para trabalhar uma série de outras habilidades, que eles acabam levando para outras matérias”, explica Tupy.

Batizado de Ópera Tecnológica, o projeto desenvolvido pelo educador procura fazer com que os alunos entendam a diferença entre jogar e produzir um game, desenvolvendo conhecimentos de tecnologia, do idioma alemão (que é parte do currículo do Porto Seguro), de trabalho em equipe, entre outros. Nessa disciplina, o professor exerce um papel estimulante, com a intenção de identificar, incentivar e inserir habilidades individuais para trabalharem juntos. O resultado é um grande projeto baseado em tecnologia.

“A tecnologia está em um estágio que não tem mais volta. Os educadores são cobrados e precisam aprender o tempo todo, tanto por questões pessoais como profissionais. Aqui na escola usamos o Excel para fazer desenhos, por exemplo. A tecnologia tem que servir para potencializar as nossas habilidades e as nossas competências”, afirma Tupy.

O colégio disponibiliza estrutura tecnológica, como impressora 3D, laptops, computadores e até mesmo o videogame Xbox One. Porém, além de tecnologia, o projeto também conta com uma importante força, que é a vontade dos alunos de fazer acontecer. “Eu não necessariamente preciso de um videogame na internet. O videogame é muito mais que isso, é um assunto, um objeto. Para você fazer com que o aluno traga o mundo para dentro da sala de aula, ele precisa ter vontade”, acredita Tupy. A oficina acontece uma vez por semana.

De acordo com o educador, os próprios alunos identificaram os benefícios que esse modelo de aprendizado propõe. “Os alunos destacaram, principalmente, a questão do esforço, melhoras na organização no dia a dia e visível desenvolvimento em outras discpilinas”, conta.

O projeto, idealizado pelo educador, ganhou reconhecimento ao concorrer com projetos de toda a América Latina para participar do programa Microsoft Educadores Especialistas, composto por um júri internacional que escolheu 20 projetos da América Latina. O Ópera Tecnológica ficou entre os três projetos brasileiros que irão participar do Fórum Global de Educadores da Microsoft Educação, que acontecerá em abril de 2015, em Redmond, nos Estados Unidos. O prêmio reconhece educadores que impulsionam a mudança na sala de aula por meio do uso efetivo da tecnologia, favorecendo o desenvolvimento das habilidades do século 21.

“As minhas expectativas são as melhores possíveis, pois fazer parte de um evento desse porte sempre foi uma meta para mim. Me dediquei muito para fazer frente a essa competição. A premiação é uma bússola que aponta sempre para que eu exija o melhor de mim e ofereça o melhor para os alunos de acordo com as minhas competências. Também serviu como um exemplo para meus alunos, que acompanharam o meu esforço e viram que em todos os momentos da vida passamos por desafios”, finaliza o educador.

Ídolos serão sempre ídolos e podem inspirar crianças em sala de aula, mesclando um dinâmico jogo de relações entre realidade e imaginário, dosando aproximações e afastamentos com a realidade. Dessa forma, educadores podem passar por importantes pontos, como campos sociais, culturais e políticos. Super-heróis estão sempre prontos para salvar o planeta em diversas situações, enfrentam […]

O blog Educadores Inovadores, sempre pensando em trazer informações para levar tecnologia à sala de aula, hoje apresenta dicas para você trabalhar com gamificação. Afinal, unir uma paixão dos alunos, os games, com sala de aula, é sucesso certo. Quando palavras do tipo play, games, fun e level são pronunciadas em sala de aula, imediatamente […]

Em tempos de crise elétrica e hídrica, é importante que os educadores levem essas questões a seus alunos, para formar cada vez mais seres humanos com consciência ambiental. A Revista Escola selecionou temas importantes a serem abordados em sala de aula, para alunos do primeiro ao quinto ano, sobre como a água é importante e […]

Nós, do blog Educadores Inovadores, sabemos da importância da contribuição das mulheres no que diz respeito à democratização do acesso da educação no Brasil e no mundo. Por isso, é importante que os educadores tratem do tema e levem para os alunos informações que mostrem a eles essa importância. Hoje, vamos apresentar algumas dicas para […]